PANTANAL SUL

Em risco de extinção, gatos-mouriscos são flagrados em fazenda pantaneira


Por Dayane Medina 08/08/2021 sem comentários


gato-mourisco

Reprodução/Instagram Edir Alves

O fotógrafo Edir Alves conseguiu um dos registros mais importantes de Mato Grosso do Sul e de sua profissão, ao flagrar um gato-mourisco acompanhado de um filhote na Fazenda San Francisco Pantanal em Miranda – distante 207 quilômetros de Campo Grande.

A imagem foi feita na tarde de terça-feira, 3 de agosto enquanto os gatos estavam em cima de um cupim.

No instagram Edir relata que nos últimos meses ele e outros colegas de trabalho viram algumas vezes este bicho em uma área da Fazenda. “Meses atrás consegui até um registro fotográfico porém foi um único, pois esta espécie é bem arisca e ao ser notada rapidamente se escondem nas vegetações”, escreveu na legenda da foto.

Ainda segundo ele, esta aparição levantou uma suspeita de que seria fêmea e que estaria prenhe ou com filhote recém nascido pois estava com território muito restrito. “E não é que estávamos certos! A suspeita foi comprovada após eu conseguir esta imagem da mãe com filhote em encima de um cumpizeiro no mesmo território das últimas aparições. Foi demais poder observar esta cena que para mim foi inédita em 15 anos de trabalho no Pantanal”, comemorou.

Gato-mourisco

Ele é o Herpailurus yagouaroundi, ou para os mais íntimos: “gato-do-mato-mourisco”. Uma espécie que possui como uma das suas principais características um corpo esguio e pernas curiosamente curtas. O gato-mourisco é uma espécie ameaçada de extinção.



Deixe um Comentário