PANTANAL SUL

Com mais de 50 programas, apresentador divulga belezas do Pantanal na TV


Por Pantanal Oficial 19/04/2021 sem comentários


Foto: Saul Schramm

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Após gravar 54 programas de televisão na região do Pantanal durante um ano, o apresentador e biólogo Richard Rasmussen fez uma visita ao secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Sérgio Murilo, onde contou sua experiência neste projeto no bioma sul-mato-grossense. Ele disse que além da divulgação da fauna e flora, também realiza uma ação social nas comunidades tradicionais ribeirinhas e indígenas no Estado.

“Desde maio do ano passado estamos gravando programas no Pantanal, para transmissão na internet e na TV Cultura e novamente fiquei impressionado com a beleza da região, conhecendo desta vez a Serra do Amolar e tendo contato com os povos indígenas”, contou ele.

O biólogo relatou que o projeto tem a intenção de visitar os seis biomas do Brasil, no programa “Brasil Biomas”, mas que além de mostrar a fauna e flora, quer divulgar as comunidades e pessoas que moram na região. “Temos que mostrar toda cultura e costumes do local, assim se reúne todos os elementos de um bioma”.

Paralelo a gravação dos programas, o apresentador revelou que é feito um trabalho social com as comunidades tradicionais, dispondo de ônibus que levam atendimentos odontológicos, veterinários, salão de beleza e consultoria jurídica para a população local. “Temos que ajudar também, fiquei muito feliz em conhecer as comunidades Terena e Kadiwéu”, pontuou.

O secretário Sérgio Murilo destacou a importância do projeto para divulgar as belezas do Pantanal, além de prestar apoio para as comunidades ribeirinhas e indígenas. “Uma excelente iniciativa que mostra nossa região para todo o Brasil”.

A subsecretária de Assuntos Indígenas, Silvana Terena, também elogiou a iniciativa e o trabalho junto aos povos indígenas do Pantanal. “Ficamos muito felizes com as pessoas que chegam ao Estado, fazem a divulgação das nossas comunidades (indígenas) e ainda trazem uma devolutiva com ações sociais. Mostra respeito e sensibilidade com o nosso povo”, descreveu.

Richard relatou que as filmagens no Pantanal estão na fase final e que os programas seguem até o mês de agosto. “Temos uma equipe de 17 pessoas e fizemos várias viagens neste último ano para região. Ainda pretendemos voltar ao Estado para divulgar as belezas e os povos do Cerrado”.

Leonardo Rocha, Subcom

 

 



Deixe um Comentário