PANTANAL SUL

PMA aprende armadilha para captura de animais silvestres em área protegida


Por Dayane Medina 16/08/2021 sem comentários


Divulgação

Durante a operação Prolepse, realizada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bonito, no último sábado (14), os agentes executavam trabalhos preventivos aos incêndios, em uma propriedade rural, nas proximidades da rodovia MS-345, foram informados pela proprietária, de que pessoas estranhas estariam nas proximidades da área de reserva legal (área de vegetação protegida) de sua fazenda, provavelmente caçando animais.

Foi então que os Militares realizaram diligências na área, mas não encontraram nenhuma pessoa, porém, ao adentrar a reserva florestal da fazenda por uma trilha, localizaram uma armadilha do tipo jaula em ferro, que estava armada no local com alimento para a captura ilegal de animais silvestres. A armadilha foi apreendida, mas os infratores não foram localizados.

A Policia Ambiental suspeita que os caçadores que usavam o petrecho tenham se afastado devido a presença da viatura na fazenda. A PMA informa que é crime ambiental e, caso identificados, os infratores responderão pelo crime ambiental de caça, cuja pena é de seis meses a um ano e meio de prisão. A multa administrativa pode chegar R$ 5 mil por animal.



Deixe um Comentário