PANTANAL SUL

Reaberto ao público, Cristo Rei do Pantanal é monitorado por 18 câmeras


Por Dayane Medina 20/08/2021 sem comentários


Cristo Rei - Corumbá

Créditos: Rodolfo César

O acesso ao Cristo Rei do Pantanal voltou a ficar livre para turistas e moradores de Corumbá e Ladário desde sexta-feira (13). Houve reforma de toda a via sacra, das 72 imagens e do próprio Cristo. A estrutura que existe no morro também foi reformada para abrigar o centro de atendimento ao turista, espaço para artesãos venderem seus produtos e uma lanchonete com comida pantaneira tradicional.

A responsável pela restauração de todas as peças sacras foi a neta da artista corumbaense Izulina Xavier. A decisão da Prefeitura em chamar Lauzi Xavier foi tomada para garantir que as estátuas tenham sua estrutura mantida. Dona Izulina, com 96 anos, está com a saúde fragilizada para realizar a restauração, porém a neta, que é arquiteta, conduziu esse trabalho sob as orientações de Izulina.

Cada estátuta do caminho da via sacra pesa, pelo menos, 200 quilos. Elas precisaram ser todas retiradas do local para passar por restauração e, depois, instaladas em seus locais originais. Para realizar esse trabalho braçal de preservação desse patrimônio cultural e material de Corumbá, Luazi Xavier precisou de mais de um ano. Ela trabalhou em conjunto com um ajudante e houve também parceria de diferentes secretarias municipais para a obra.

“Estamos muitos felizes com o resultado e com essa reabertura. Foi um trabalho difícil, principalmente ver o Pantanal queimando, ano passado. Tinha muitas estátuas muito danificadas. Porém, agora, é tudo muito gratificante e minha avó está feliz com esse trabalho. Essa é a primeira grande restauração que foi feita”, comentou Lauzi, que participou da inauguração do caminho da via sacra do Cristo Rei do Pantanal.

Elisângela Sienna da Costa Oliva, presidente da Fundação de Turismo do Pantanal, destacou que o complexo já está aberto ao público e que há 18 câmeras de monitoramento instaladas para evitar depredações. Além disso, foram instaladas duas guaritas, no começo do percurso e próximo ao Cristo.

“Eu brinquei que este foi meu terceiro filho. Foram muitos desafios que enfrentamos para concluir essa obra, que é representantiva para nossa região. Contamos com o apoio da população para que isso seja preservado. Vamos também ter guardas circulando pelo caminho para realizar essa fiscalização. As câmeras estarão ligadas com acesso à Polícia Militar e à Guarda”, contou Elisângela.

“A população deve cuidar dessa beleza que temos aqui”, defendeu o prefeito Marcelo Iunes. A restauração das estátuas e revitalização do complexo custou quase R$ 400 mil. As obras começaram em abril de 2020.



Deixe um Comentário